semana 1

Esperas, da vida

Mune-te de um bom coração e de um bom espírito, […] cria raízes mas não cortes as asas, define os teus objectivos de vida, não te esqueças dos teus princípios, luta, procura, sonha mais alto, voa se te amarrarem […]

Sem saudosismos,

Os segundos, os minutos, as horas, os dias, as semanas, os meses, os anos, as décadas, a vida passa e somente esperar que passe não é viver!

Há que lutar, procurar, escarafunchar, arregaçar as mangas, não desistir, levantarmo-nos quando caímos, secar as lágrimas quando choramos, sorrir, rir, sonhar.

Há sentir, há sentires que doem, mas há amor, há realização, há amizade, há solidariedade, há projectos para tornar o viver no verdadeiro viver, na plenitude desse viver.

Esperar? Que caia no colo? Que te tragam numa bandeja? Que lutem por ti? Que dêem a cara por ti? Não vai acontecer… Tens de ser tu e só tu a lutar, a sonhar, a realizar, a conquistar e a ser feliz.

Parece cruel mas a vida à semelhança da selva onde a lei do mais forte ainda se aplica, não o mais forte de força, mas o mais preparado, o mais estruturado, o mais resiliente sobrevive. E sim resiliência é a palavra, é o modo com o qual temos de encarar as dificuldades, as pedras no sapato.

Mune-te de um bom coração e de um bom espírito, cuida da tua saúde, alimenta-te bem, rodeia-te de boas pessoas, faz o bem, ajuda o próximo, cria raízes mas não cortes as asas, define os teus objectivos de vida, não te esqueças dos teus princípios, luta, procura, sonha mais alto, voa se te amarrarem, não te deixes levar pelas aparências, procura a felicidade em ti não noutros e acredita, vais ver que devagarinho o que sonhaste e pelo qual lutaste virá e a realização chegará! E aí sim estarás a viver!

Eu acredito que a vida nos devolve o que nós damos à vida, acredito na justiça não dos tribunais, não na divina, mas na justiça do equilíbrio de forças do universo. Se dou recebo, se tenho força recebo mais força, se sorrio recebo sorrisos, se ajudo sou ajudada, se acredito no próximo alguém acredita em mim.

Portanto, faz-te à vida, que a vida não se faz a ti só porque sim!!

Beijinhos

Cláudia

Anúncios
Standard

2 thoughts on “Esperas, da vida

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s