Só quero que saibas…

Há abraços que fazem parar o tempo. Podem durar segundos mas param o tempo. Abraços que são dados com o corpo todo, que são reconfortantes, que cheiram a casa, que são o melhor lugar do mundo. Há abraços que dizem tudo e há abraços que dizem nada. Há abraços que marcam, que ficam para sempre, que não são apagados.

Ando para te dizer isto há já algum tempo. Sempre que o tento fazer parece que há algo que me impede. Ou está muita gente à nossa volta, ou não parece apropriado, ou tenho vergonha. Eu sei; parece parvo. Tenho a certeza de que esta cidade é linda, de que tem ruas incríveis à minha espera, de que há centenas de pormenores prontos para encherem o meu cartão de memória de fotografias lindas. Acredito que esteja muito frio lá fora, que talvez tivesse sido boa ideia ter trazido luvas e um cachecol mais quente.

Sei que tudo à minha volta é interessante o suficiente para que eu repare e queira guardar tudo mas, na realidade, não vejo o que está à minha volta. É que tu chegaste. Vês-me e sorris. Sei que estou a chegar. Aproximas-te como se também não visses o que está à volta. Abraças-me e eu sei que estou lá. Estou no melhor lugar do mundo.

Sabes? Há abraços que fazem parar o tempo. Podem durar segundos mas param o tempo. Abraços que são dados com o corpo todo, que são reconfortantes, que cheiram a casa, que são o melhor lugar do mundo. Há abraços que dizem tudo e há abraços que dizem nada. Há abraços que marcam, que ficam para sempre, que não são apagados. Há pessoas que sabem dar abraços. Que os dão porque querem fazê-lo, porque sabem o quanto significa um abraço, porque não querem que aquele momento acabe e não querem apagar aqueles segundos. Eu gosto de pessoas assim. Que sabem dar abraços. Que os dão. Mas dar mesmo.

Quero dizer-te que este até pode ter sido mais um encontro, que pode ter sido no sítio mais aleatório de sempre, que talvez não chegue para significar tudo o que devia significar. Quero que saibas que és o meu lugar preferido do mundo. Fazes-me voltar a acreditar nos abraços. E talvez um bocadinho nas pessoas.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s