Surpresas de Natal

Acordou sobressaltada. Demorou uns segundos a perceber onde estava enquanto a campainha continuava a tocar. Levantou-se aos tropeções, enquanto murmurava alguns impropérios. Era Natal, quem é que toca à campainha às nove da manhã do dia de Natal? Quando alcançou a campainha já esta tinha parado. Resmungou novamente. Depois, ouviu o elevador. Queres ver que se enganaram a tocar? Percebeu de seguida que eram os dois elevadores. Acordei por causa de alguém que não sabe tocar à campainha… 

Quando era pequena, o Natal era uma época mágica. No primeiro dia de Dezembro escrevia sempre a carta ao Pai Natal e comia o primeiro chocolate do calendário do Advento. Adorava enfeitar a casa com as decorações natalícias, ajudava a família a montar a árvore, enquanto pegava cuidadosamente em cada bola, e preparava o presépio durante horas, distraindo a brincar com as figuras enquanto as colocava no lugar respectivo. Depois, havia a festa de Natal da escola e todas as actividades características da época. Quando chegava a noite de Consoada o entusiasmo era muito. A mesa estava cheia, o cheiro do peru e das sobremesas enchia a casa e ouviam-se os clássicos de Natal. Depois do jantar havia sempre jogos em família e à meia-noite não falhavam a Missa do Galo. No final, aqueciam-se no Fogo de Natal e só depois regressavam a casa e abriam os presentes. O Natal era a sua época preferida, não tinha dúvidas.

Naquele ano a sorte parecia não estar do seu lado. Uma colega de trabalho estava doente e tinha sido internada pelo que lhe cabia a tarefa da trabalhar na sua vez e todo o seu Natal tinha sido, assim, cancelado. Vivia longe da família e os dias que tinha para os visitar eram precisamente aqueles em que tinha de trabalhar. Estava tão triste e desiludida que tinha decidido nem decorar a sua casa. Sozinha, longe da família e a trabalhar… aquilo não era Natal. Tinha uma pilha de presentes prontos a ser entregues num canto da sala mas não sentia o Natal. Talvez fosse assim que o Natal era quando se deixava de ser criança.

Adiou a saída do trabalho no dia de Consoada. Estava frio e em casa esperava-a um resto do jantar do dia anterior e a programação da televisão. Não havia pressa. Não havia Natal. Saiu do trabalho muito depois da hora e conduziu para casa com calma, mais devagar do que o normal. Ao chegar quase sentia o vazio da casa ecoar por toda a parte. Aqueceu as sobras do dia anterior e sentou-se, de pijama, em frente à televisão. Fez o zapping habitual, não queria ver nada. Adormeceu no sofá, envolta em mantas, com o jantar praticamente por comer. Aquilo daria um excelente postal de Natal, pensou antes de adormecer.

Acordou sobressaltada. Demorou uns segundos a perceber onde estava enquanto a campainha continuava a tocar. Levantou-se aos tropeções, enquanto murmurava alguns impropérios. Era Natal, quem é que toca à campainha às nove da manhã do dia de Natal? Quando alcançou a campainha já esta tinha parado. Resmungou novamente. Depois, ouviu o elevador. Queres ver que se enganaram a tocar? Percebeu de seguida que eram os dois elevadores. Acordei por causa de alguém que não sabe tocar à campainha… Ia deitar-se novamente quando os dois elevadores pararam no seu andar. Ouvia pessoas sair dos elevadores e debater sobre algo. De repente tocam novamente à campainha. Estaria aquela gente barulhenta a tocar à sua porta? Ignorou. Tocaram novamente. E mais uma vez. Dirigiu-se à porta, chateada. Foi então que ouviu uma voz que conhecia. Abriu a porta. À sua frente estavam os pais e os irmãos. Não conseguia acreditar no que os seus olhos viam.

— O que é que estão aqui a fazer? — perguntou, ainda confusa. A mãe sorriu-lhe e abraçou-a:

— Ora essa! Não é Natal se não estivermos juntos!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s