Vilcieni

Quero ir para casa, penso. Essa casa naquele país solarengo que pensei que não amava. Quero ir para casa. Chega. Não quero mais viagens. Não quero mais entradas em autocarros. Aviões. Comboios que me levam para longe. Sempre mais longe. Mesmo quando retorno. Estou longe. Quero ir para casa.

São 28 horas.
Tenho tudo?
Não é uma viagem normal. Não é a rotina diária. É em facto a perda de um dia inteiro que se desmembra na desilusão da não-criação.
Tenho o livro comprado. Arrumado em uma das duas malas que se sentam comigo. As máquinas escondidas num pequeno bolso obscuro. A comida que se tenta manter fresca para um dia inteiro de um falso apetite.

Serão uma imensidão de paisagens e passagens. Algumas das quais se parecerão com o país que já não habito e do qual sinto falta. As lágrimas correram pela face, quando o sol bater na janela do autocarro em que viajo e que mais se assemelha a uma enorme casa que partilho com mais vinte pessoas. O livro ficará encostado ao assento e na leitura da primeira página acabarei por encontrar a saudade daquela outra pessoa que não vejo, da qual já não recordo o físico, o cheiro. O capricho da compra para uma viagem desta dimensão fica caído por terra e olho o que lá fora passa a mais de oitenta km por hora.

É feio, é pobre. É cinzento. É um outono cinzento e verde escuro naquilo que deveria ser uma azul primavera.

Atravesso este país gigantesco e sinto um asco enorme a formar-se na minha garganta.

Quero ir para casa, penso. Essa casa naquele país solarengo que pensei que não amava. Quero ir para casa. Chega. Não quero mais viagens. Não quero mais entradas em autocarros. Aviões. Comboios que me levam para longe. Sempre mais longe. Mesmo quando retorno. Estou longe. Quero ir para casa.

As 26 horas irão cessar e é como se outras vinte e seis se formassem novamente. E outras vinte e seis. E num círculo vicioso nunca irão terminar. A minha jornada é um lugar sem fim.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s