Sou.

Sou um Homem

E não, não sou um género.

Sou uma criança

E não, não tenho a idade.

Sou um animal.

Sou uma fénix renascida das cinzas de uma Humanidade passada. Continuar a ler Sou.

Anúncios

Ode à luz

Avançam, incólumes,

Olhos postos no objetivo.

Sem critério seletivo,

Esmagam a terra valida.

 

Comandados pelo ódio e o terror,

Proferem palavras de ordem febril,

Esmagam em toda a cidade o ardil,

Profanam por todo o lado o horror. Continuar a ler Ode à luz

La Belle Ferronière

Ela levantou-se para observar o resultado final, sabendo que não seria menos que extraordinário. Não se tinha enganado. Enquanto observava a pintura, o seu coração palpitava, num impulso segurou-lhe a mão para agradecer, beijou-a e encostou-a ao peito, num gesto que sabia provocador.

Continuar a ler La Belle Ferronière