Maio 2016

…de onde houver mar

“De onde houver mar.” afirmaste como se me estivesses a dizer a coisa mais natural do mundo. A coisa mais natural do TEU mundo. E levaste a tua caneca de chá quente aos lábios. Continuar a ler

Anúncios
Standard