Terra perdida

– Tudo isto – a vida, o mundo, as pessoas que nascem e que morrem – é circular. Está tudo interligado e há uma razão para qualquer acontecimento, por mais insignificante que pareça. E todos temos um propósito para cada momento. Podes procura-lo e concretiza-lo conscientemente, ou podes tentar fugir-lhe. Mas ele vai sempre alcançar-te. Estares aqui não é um privilégio puro. Para tu seres tu, teve de haver um equilíbrio e alguém teve de deixar espaço livre para ti. Continuar a ler Terra perdida

Anúncios

TEMA PARA MARÇO: NOITE

Parece um tema tão óbvio que até parece impossível nunca o termos usado aqui no CPR como tema do mês. Até agora.
Abril será então o mês em que vamos escrever sobre a noite; pode ser como espaço narrativo, como personagem, divindade, o que quiserem.

Como sempre, o céu (da criatividade) é o limite!

The Tale of Ragnar’s Sons

In Sigurd’s snake eye one could see
back to when his father, the king
drew his last breath
and this Earth he left
with a riddle of death:

“How the little piggies will grunt
when they hear how the old boar suffered”
said he
Words mistaken for those of an old fool
for an old fool he taught himself to be
but how could a fool’s last words affront
the high lords of the rich lands across the sea? Continuar a ler The Tale of Ragnar’s Sons