Sem ar

Ouço-te respirar sofregamente,

o ar não te chega,

não tem lugar.

Escondes a tua dor,

e no silencio,

o monstro cresce,

sufoca-te devagar.

Procuro o teu olhar triste,

encontro incompreensão. Continuar a ler Sem ar

Anúncios

Levo-te no coração

Vou de partida, partida ao meio, sem mastros

Albaroada, sem bússula, desnorteada

Deixo atrás uma igreja sem claustros

Abandono-te sozinha, vou obrigada. Continuar a ler Levo-te no coração